Itália

Se planeja percorrer em trem Itália, ou se simplesmente procura uma passagem de trem Roma Florença, ou porque não Roma Veneza, visite esta seção.

Espanha

Procura um passe de trem para percorrer Espanha? Deseja comprar passagens para o RENFE AVE? Consiga aqui todos os trens em Espanha.

França

Se visita França, não deixe de viajar no TGV e conhecer suas incríveis estações de trem. Encontre informação sobre destinos de trem em França.

Alemanha

Ao percorrer em trens Alemanha, você descobrirá paisagens sonhadas. Compre um passe de trem e preparese para percorrer Alemanha.

Outros Paises

Visite esta seção para conhecer a respeito de trens em outros países de Europa: Suiça, Inglaterra, República Tcheca, Irlanda, Portugal, e mais…

Bulgária

Trem Bulgária

A Bulgária decidiu deixar atrás seu forte afinco pelo passado e (sem esquecer suas raízes) encarar o novo século apontando pra frente. Com vistas ao progresso e a integração, forma parte da União Europeia desde o ano 2007.

A Bulgária não é um destino turístico comum. Muitas vezes resulta até difícil recordar sua localização no mapa do velho continente. No entanto, a Bulgária é muito mais accessível do que se acredita.

A República da Bulgária limita ao norte com a România, ao Sul com a Grécia e Turquia, ao oeste com a Sérvia e a República da Macedônia (ex-Iugoslávia). Ao leste tem o Mar Negro como invejável limite. Invejável, porque realmente as paisagens provocam essa sensação!

O trem é a melhor opção, tanto para chegar à Bulgária, como para percorrê-la, já que oferece uma extensa rede de serviços que chegam até a maioria dos cantos do país. A Bulgária dispõe de três classes de trens, dos quais os expressos são os mais rápidos e cômodos.

Mas esse não é o único motivo para decidir-se pelo trem ao momento de percorrê-la. As incríveis vistas panorâmicas em muitas das estradas são também um motivo de peso. A facilidade para conectar-se com outros pontos é importante na hora de escolher o trem como meio de transporte.

Existem várias conexões com outros países europeus:

  • Sofia – Belgrado  (com um serviço diurno e um noturno).
  • Sofia – Bucareste (com um serviço diurno e um noturno).
  • Sofia – Tesalónica.
  • Svilengrad – Alexandroupolis.
  • Expresso da Bulgária (que vai de Sofia até Kiev, Moscou, Minsk e São Petersburgo).
  • O trem do Mar Negro circula (durante certos períodos do ano) desde Moscou e Minsk até Varna e vice-versa.
  • O expresso Bucareste Istambul circula na rota Bucareste/Stara Zagora/Istambul.

Bulgária

A estação principal de trens do país é Tsentralna Gara, em Sofia. E por essa cidade é recomendável começar o percurso. Localizada ao oeste da Bulgária (quase na fronteira com a Sérvia) Sofia é o centro cultural, administrativo e econômico do país.

Sofia é um monumento vivente da história europeia. Sendo a cidade mais antiga da Bulgária (e a terceira do continente), alberga uma história de mais de 7000 anos. Uma visita a seu centro histórico revela os rastros deixadas pelos trácios, os gregos, os bizantinos e os turcos.

Recorra monumentos de imponente beleza como a Catedral de Alejandro Nevski (uma das igrejas ortodoxas maiores do mundo), a Igreja de São Jorge, a Igreja de Santa Sofia, a Mesquita de Banya Bashi ou a Sinagoga de Sofia (a maior da região dos Balcãs).

Na região centro-norte do país se encontra Plovdic. Esta cidade (com uma história de mais de 6 mil anos) é tão cativante como a anterior. Por isso é recomendável inclui-la no percurso. Ainda podem se encontrar numerosos restos de construções romanas dispersos em sua arquitetura.

Há tanto para visitar que precisará de pelo menos 2 ou 3 dias, ¡e vontade de caminhar! Percorra as ruinas do estádio Romano, o Museu Arqueológico, a Galeria de arte da cidade, a igreja de Sveta Bogorodista, a Mansão Georgiadi, a galeria Georgi Boshilov (onde se expõem obras de pintores modernos) ou o Teatro Romano do Século II (d.C).

Na beira do Mar Negro, Varna é outro ponto que não pode deixar de conhecer. Possui o porto comercial mais importante do país e por ela cruza parte do Danúbio. Varna lhe permitirá cobrir a cota de natureza e beleza visual, após tanta história.

Uma particularidade da Bulgária é a cozinha tradicional. Com sabores típicos fortes, é realmente algo que deve experimentar.

Além de ser muito particular, a comida búlgara é econômica. 
Se for visitar a Bulgária no inverno, experimente a sopa Bob Chorba (uma sopa de feijão com muitos temperos), a Kavarma (um refogado de carne e verduras servido em panelas tradicionais individuais parecidas a vasos) ou anime-se ao Chushka Biurek (pápricas recheadas com ovos e queijo e empanadas).

Não deixe de experimentar a katma (uma espécie de panqueca de 30 cm. de diâmetro, que se prepara no momento). Para épocas de mais calor, experimente a sopa Tarator (iogurte com pepinos e funcho, muito refrescante).

Snellanca é a variante espessa da sopa anterior (com iogurte filtrado com pedaços de pepino, nozes e alho picados). Para beber, experimente o tradicional Ayrian (iogurte com água).

É claro que também há opções de restaurantes com cozinha internacional (e preços muito maiores) e também cadeias de comidas rápidas para quem não se animar a experimentar a comida típica (ou para quem, após ter experimentado, quiser comer um hambúrguer com batatas fritas!).

Passagens de trem mais freqüentes Bulgária

Comprar Passagens Trem BulgáriaSofia – Belgrado. Duração: entre 7.29 e 7.43 hs, dependendo do horário de saída do trem.
Sofia – Plovdic. Duração: entre 2.07 e 2.56 hs, dependendo do horário de saída do trem.

Pases de tren Bulgária

Comprar Passes de Trem
Balkan Flexipass
Bulgária Pass
Eurail Select Pass